O GOVERNO ACTUAL PODERÁ SUCUMBIR PELAS SUAS PRÓPRIAS MÃOS AO OE/2014

De acordo com a lista apresentada pelo Diário Económico sobre as principais novidades do OE para 2014, em parte alguma constam cortes na máquina do governo, da Assembleia da República e mesmo da Presidência da República. Também, cortes mais além no respeitante a fundações e instituições governamentais não foram mencionadas.

Será que devido a tantas horas de maratona na reunião do conselho de ministros, os cortes acima referidos caíram no esquecimento ou  foi intencional?

O governo tem conhecimento que muitas das tentativas de receitas para redução do défice, não estão conforme pela constituição e podem e devem ser chumbadas pelo TC. Qual a razão em insistir em algo que sabem que está errado? Ou estão a tentar colocar o TC debaixo de intimidação e responsabilizar os juízes do mesmo, pela má gestão económica deste governo e anteriores?

Procurar encontrar solução para a redução do défice, não está na redução de despesas e mais medidas de austeridade. Tudo isto só vai reduzir a capacidade de consumo, fragilizando mais a economia nacional, causando mais perda de postos de trabalho e redução de impostos directos e indirectos.

A solução está em ser pedido mais tempo para a redução do défice e investir agressivamente na produtividade e crescimento económico, no sentido de angariar receitas através das quais será viável o cumprimento das obrigações sem endividarmos mais o país. A maior despesa que o país tem vindo aumentando anualmente e acumulando está relacionada com o pagamento de empréstimos e respectivos juros, sem qualquer tipo de investimento na produtividade e economia nacional. O percurso que este governo tem tracejado para o país de continuar a viver através de subsídios, empréstimos e a ida aos mercados financeiros, não trás qualquer tipo de estabilidade para o futuro do país.

O governo sobreviveu recentemente a uma crise política gerada por desentendimento da coligação. Mas desta vez, poderá sucumbir ao OE/2014.

About Carlos Piteira

Licenciado em Microbiologia pela Maryland University. Especialista em Microbiologia Clínica pela American Society of Clinical Pathologists. Consultor da Qualidade do Ar Interior. Autor do livro: ” A Qualidade do Ar Interior em Instalações Hospitalares”

Ver todos os artigos de Carlos Piteira

Subscrever

Subscribe to our RSS feed and social profiles to receive updates.

2 comentários em “O GOVERNO ACTUAL PODERÁ SUCUMBIR PELAS SUAS PRÓPRIAS MÃOS AO OE/2014”

  1. Marcos Pinto Basto Says:

    Estamos fartos de ver o Laparoto meter os pés pelas mãos desde os primeiros dias de eleito.Prometeu não fustigar os mais pobres, mas é exatamente isso que tem feito. Deixou empresas falirem, vendeu outras, desmantelando a economia nacional e deixando centenas de milhares de portugueses desempregados, provocando ondas de protestos que foram pouco além de cantar “Grândola, vila morena”, mostrando um Povo pouco inteirado da gravidade da situação e assim continuam permitindo a continuação dos desmandos deste desgoverno que segue descaradamente as instruções da agiotagem internacional, desmontando a indústria e comércio para a seguir comprarem a preço de banana as empresas que antes eram mais rentáveis. Ladroagem descarada que gera revolta, mas assim mesmo o Povo segue numa passividade exasperante. Os portugueses estão cavando a própria sepultura com esse bando de Traidores da Pátria que se apresenta como governo da república/

    Gostar

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: