CAVACO SILVA – PIOR A EMENDA QUE O SONETO

Era da competência do PR, Cavaco Silva, pôr um fim à crise política que se instalou no país. Mas, acabou por ser pior a emenda que o soneto.

Tal como foi recomendado inúmeras vezes neste site e no meu Facebook, a opção mais aceitável na actual situação política e económica do país seria a instauração  de um Governo de Salvação Nacional, GSN, de iniciativa presidencial. Infelizmente, o PR, decidiu por um GSN, mas estruturado entre PSD, CDS e PS.

Sendo conhecimento das divergências existentes ao longo do governo actual entre PSD e CDS e da oposição constante ao governo por parte do PS, um governo a 3, com tempo limite até meados de 2014, não tem qualquer viabilidade de governar e tomar decisões importantes, tais como uma reforma do Estado. Escusado será dizer, que o Presidente da República entregou o país aos bichos responsáveis pela situação catastrófica em que o país se encontra.

Analisando neste momento como cidadão comum as opções existentes:

A proposta feita pelo PSD e CDS – Após o discurso feito ao país por Cavaco Silva, escusado será dizer que   ficou sem efeito, mas também não teria qualquer acreditação nacional, pois como já referi era mais um governo de parecer do que ser.

Eleições antecipadas – Tal como o PR referiu, não seria adequado neste momento eleições antecipadas, dado a agenda das obrigações do Estado. Pessoalmente, não vejo qualquer vantagem de eleições para substituir um governo por outro, ainda que de partido diferente e outros protagonistas, quando a incompetência e falta de credibilidade dos possíveis candidatos é bastante significante e infelizmente, os portugueses não estão habilitados para diferenciar o trigo do joio. Ainda que com alguma ajuda, o que é difícil a curto prazo,  pudessem fazer uma diferenciação, o sistema político eleitoral instalado é de tal forma manipulado pelos partidos que não seria viável votar um governo de qualidade.

Governo de Salvação Nacional com PSD, CDS e PS – Não tem qualquer capacidade de coesão nem conseguirá tomar decisões permanentes, muito menos a preparação e aprovação do orçamento de Estado para 2014.  Duvido também, que depois do nega do PR à proposta de Passos Coelho, que ainda o actual PM,  aceite  negociar qualquer apoio entre partidos ou participar num governo a três. Talvez seja o momento que Passos Coelho tanto tem recomendado aos portugueses, ele mesmo emigrar.

 Governo de Salvação Nacional de iniciativa presidencial (que ainda existem algumas pessoas credíveis e competentes no país) – Sinceramente, acredito que seja neste momento do campeonato, a única opção deixada ao Presidente. Mas esta iniciativa a ter sucesso, terá de ser com a máxima urgência. Dar duas semanas aos partidos para negociar antes de tomar esta opção, será uma perda de tempo demasiado, afundando o país ainda mais a nível económico. Será importante que as escolhas presidenciais nomeadas pelo PR, sejam de pessoas credíveis. Nomes como Cartroga, Cadille ou outros bem conhecidos dos portugueses, que só têm servido para se servirem a eles próprios, seria algo bastante grave para a estabilidade política do país.

, , , , , ,

About Carlos Piteira

Licenciado em Microbiologia pela Maryland University. Especialista em Microbiologia Clínica pela American Society of Clinical Pathologists. Consultor da Qualidade do Ar Interior. Autor do livro: ” A Qualidade do Ar Interior em Instalações Hospitalares”

Ver todos os artigos de Carlos Piteira

Subscrever

Subscribe to our RSS feed and social profiles to receive updates.

5 comentários em “CAVACO SILVA – PIOR A EMENDA QUE O SONETO”

  1. Jorge Says:

    O autor parece que não percebeu a proposta do Cavaco. Ele disse, o Governo actual está em funções, ou seja, nem há remodelação nem eleições. Pediu um acordo de regime que ele designou ao estilo dos heróis da Pátria, por Salvação Nacional. E pediu, que esse acordo fosse para além das eleições de 2014 (sem se saber quem é o vencedor). Portanto pediu estabilidade para este governo CDS/PPD e para outro eventual de PS…Os politiqueiros que não percebem português é que inventaram um governo de salvação nacional !

    Gostar

    Responder

    • opaisquetemos Says:

      Caro Jorge,

      Antes de mais, os meus agradecimentos pelo seu comentário.

      O que o PR sugeriu, não foi um governo de salvação nacional, mas um acordo assumido pelos 3 partidos responsáveis pelo estado de sítio em que Portugal se encontra. Porque, um governo de salvação nacional, seria de iniciativa presidencial, nomeado pelo PR e colocando tanto quanto possível afastada a intervenção dos partidos. Por outras palavras, o PR colocou a responsabilidade da solução da crise política nos partidos, em lugar de assumir ele a solução do problema em que o país se encontra. Esta opção de Cavaco Silva, só irá aumentar o problema, sem data prevista de qualquer tipo de solução.

      Sinceramente,

      Carlos Piteira

      Gostar

      Responder

  2. Carlos Silva Says:

    Bom dia Sr. Carlos Piteira,

    Na minha opinião a única solução era acabar de vez com esses partidos que nos governaram nos últimos 40 anos tanto o PS, o PSD e o CDS. Devia ser nomeado pessoas independentes como por exemplo o Sr. Paulo Morais.

    Os actuais partidos políticos não podem governar mais portugal e isso é um ponto assente na matéria.

    Gostar

    Responder

    • opaisquetemos Says:

      Caro Carlos Silva,

      Obrigado pelo seu comentário com o qual estou plenamente de acordo. Há muito que sou contra os partidos, razão pela qual não voto, mais ainda quando as eleições são elaboradas com votos em listas preparadas pelos partidos de acordo com as suas preferências.

      Sinceramente,

      Carlos Piteira

      Gostar

      Responder

    • Marcos Pinto Basto Says:

      Acabar com os partidos e defenestrar essa corja de políticos muito pilantras que nem Paulo Portas e Passos Coelho. Os dois têm comandado o desmantelamento da economia nacional nas barbas desse decadente pilantra do Cavaco Silva, um dos grandes culpados de Portugal estar nesta situação. Uma revolução com prisão imediata dos maiores ladrões que perambulam impunes pelos salões nobres e a seguir um GSN com total participação popular.

      Gostar

      Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: