IMAGINEM ISTO NA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA – QUANTO POUPARÍAMOS NOS CORTES SOCIAIS?

MILAGRE EM BRASILIA, FILHO DE MILITAR É EXEMPLO

 deputado brasileiro-3

Este caso merece uma atenção especial….

O deputado federal José Antonio Reguffe (PDT-DF), que foi, proporcionalmente, o mais bem votado do país com 266.465 votos, 18,95% dos  votos válidos do DF, estreou na Câmara dos Deputados fazendo barulho. De uma tacada só, protocolou vários ofícios na Diretoria-Geral da Casa. Abriu mão dos salários extras que os parlamentares recebem(14° e 15° salários), reduziu sua verba de gabinete e o número de assessores a que teria direito, de 25 para apenas 9. E tudo em caráter irrevogável  (nem se ele quiser poderá voltar atrás).

Além disso, reduziu em mais de 80% a cota interna do gabinete, o chamado “cotão”. Os R$ 23.030,00 que teria direito por mês, reduziu para R$ 4.600,00. Segundo os ofícios, abriu mão também de toda verba indenizatória, de toda cota de passagens aéreas e do auxílio-moradia, tudo também em caráter irrevogável.

Sozinho, vai economizar aos cofres públicos mais de R$ 2,3 MILHõES (isso mesmo R$ 2.300.000,000) nos quatro anos de mandato. Se os outros 512 deputados seguissem o seu exemplo, a economia aos cofres públicos seria superior a R$ 1,2 BILHÃO.

“A tese que defendo e que pratico é a de que um mandato parlamentar pode ser de qualidade custando bem menos para o  contribuinte do que custa hoje. Esses gastos excessivos são um desrespeito ao contribuinte. Estou fazendo a minha parte e honrando o compromisso que assumi com meus eleitores”, (afirmou Reguffe em discurso no plenário).

 

, ,

About Carlos Piteira

Licenciado em Microbiologia pela Maryland University. Especialista em Microbiologia Clínica pela American Society of Clinical Pathologists. Consultor da Qualidade do Ar Interior. Autor do livro: ” A Qualidade do Ar Interior em Instalações Hospitalares”

Ver todos os artigos de Carlos Piteira

Subscrever

Subscribe to our RSS feed and social profiles to receive updates.

3 comentários em “IMAGINEM ISTO NA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA – QUANTO POUPARÍAMOS NOS CORTES SOCIAIS?”

  1. Gonçalo Henriques Says:

    Felizmente ainda existe lugar para a esperança. Estes fdp por mais que procurem legalizar, embelezar, banalizar a corrupção, ela não tem lugar num estado de direito!! Pode levar algum tempo, mas vai chegar o dia, em que esta gente ignóbil vai pagar a factura dos seus crimes contra a humanidade…!! Obrigado pelo excelente blog, é bom ver que embora estejamos a viver um momento difícil, não estamos sós!!

    Gostar

    Responder

  2. francisco neves Says:

    boa tarde, isto poderá algum dia acontecer, quando os deputados, forem realmente representantes da população, isto é, eleitos em listas abertas e por voto nominal. quando o lugar de deputado se dever ao voto dos eleitores, e não á direcção do partido, quando um deputado for eleito por mérito, pelo trabalho feito em prol da comunidade e não pelo aparelho partidário. O cidadão comum , que deve de ser para ai 90% do eleitorado, nem sabe em quem esta a votar,não conhece os deputados nem sabe por que circulo eleitoral foram eleitos, alias, acho mesmo que 90% dos eleitores nem sabe como funciona o sistema eleitoral, mas convém aos partidos que as pessoas não se apercebam, que não escolhem ninguém. tudo é imposto pelos partidos. se não vejamos, líder do partido, e natural candidato a 1º ministro, é escolhido pelo aparelho do partido ( como la chegam? acho que ninguém sabe!) deputados são escolhidos pela direcção do partido, metem como cabeça de lista aqueles que realmente interessam ou têm de ser eleitos, nem que ponham alguém de Lisboa, como cabeça de lista por Bragança ( estes deputados vão defender os interesses de quem? desconheço!) naturalmente, que os deputados vão estar no parlamento as ordens da direcção do partido, caso contrario, se levantarem a voz em desacordo, na próxima eleição, vão para o funda da lista, e diz adeus ao cargo. Na ultima sexta-feira, BE e PCP,levaram á assembleia um projecto de lei, para aumentar as incompatibilidades dos deputados, foi chumbado, porque será?
    So o presidente da republica é eleito directamente pelo povo, todos os restantes, são por listas, quer isto dizer que o povo português não tem uma verdadeira palavra a dizer, na escolha de quem governa o seu pais. limita-se a votar as cegas num partido, e a legitimar o seu programa eleitoral ( que ninguém lê). SE isto pode mudar, poder pode, mas para isso, os partidos têm de ficar reféns do voto do eleitorado, o que não acontece actualmente, em que o elitorado esta refém dos partidos.

    Obrigado por este excelente espaço de divulgação.

    Gostar

    Responder

    • opaisquetemos Says:

      Caro Francisco Neves,

      Obrigado pelo seu comentário, com o qual estou totalmente de acordo.

      Em vários artigos que publiquei ao longo do tempo, tendo um dos últimos, intitulado: “O QUE É UM SISTEMA DE DEMOCRACIA? QUEM TEME A SUSPENSÃO DO ACTUAL SISTEMA? OS PARTIDOS POLÍTICOS!”, fiz referência ao que o Francisco acaba de abordar. Pois, o sistema que temos, a que denominam por “democracia”, não é um sistema transparente e qualquer deputado que vote contra a decisão do partido é eliminado das próximas listas. Isso já aconteceu tanto nos partidos da extrema direita, como o CDS, como da extrema esquerda, o PCP.

      Eu chamo ao actual sistema politico uma ditadura de partidos políticos, onde a opinião pública não tem voto na matéria.

      Sinceramente

      Carlos Piteira

      Gostar

      Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: